Suspeito de roubo morre após ser baleado com a própria arma

0
233

Uma tentativa de roubo a uma propriedade rural, na BR-376, entre Iguatemi e Mandaguaçu, terminou com um suspeito morto. O rapaz, de 20 anos, teria invadido uma chácara junto com outro homem e rendido uma família, mas, durante a luta corporal com uma das vítimas, a arma disparou e o atingiu, ferindo-o gravemente.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

Conforme a Polícia Militar, por volta de 21h50 de segunda-feira (15), a dupla arrombou a porta e entrou em uma casa da chácara, onde estavam várias pessoas de uma mesma família. De acordo com as vítimas, um dos suspeitos portava uma arma de fogo e outro, uma faca. A família relatou que os suspeitos selecionaram vários objetos para levar da casa e estavam muito violentos.

Depois de certo tempo, quando estavam se preparando para fugir, os ladrões quiseram trancar a família em um quarto e exigiram a chave de um dos veículos da casa – eles já tinha a chave de outro, mas queriam os dois carros. As vítimas contaram que o ladrão que portava a arma de fogo agrediu o dono da chácara e o ameaçou de morte, para que entregasse as chaves.

Nesse momento, outras duas vítimas tentaram segurar o braço do suspeito e entraram em luta corporal, fazendo que a arma disparasse três vezes: dois disparos atingiram o braço do filho do dono da chácara e outro, atingiu o abdômen do suspeito, que morreu logo depois. Vendo a situação, o outro ladrão fugiu.

Quando a Polícia Militar (PM) chegou, acionou o Corpo de Bombeiros para encaminhar a vítima ferida ao Hospital Universitário de Maringá e constatar o óbito do suspeito. A Polícia Científica foi ao local e o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá recolheu o corpo.

Fonte: O Diário