Presos da cadeia de Umuarama são transferidos para penitenciária

0
83
Após o fim da rebelião na cadeia de Umuarama, na tarde desta quinta-feira (28), 80 presos condenados foram transferidos para a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (Peco), também no noroeste do Paraná, conforme a Polícia Civil.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

Ainda restaram 180 presos na cadeia da delegacia, que, segundo a polícia, serão mantidos isolados até que o reparo da carceragem seja feito. Dois engenheiros da Polícia Civil estavam no local na tarde desta quinta-feira avaliando os estragos.

A polícia também confirmou que houve presos que tiveram ferimentos leves durante a rebelião, mas não informou a quantidade. Eles receberam atendimento médico.
De acordo com a polícia, assim que for concluído o levantamento dos estragos será providenciado o reparo para que a delegacia tenha condições de retomar o atendimento ao público.
A cadeia, que abrigava 260 presos, foi projetada para receber 64 detentos, segundo a polícia.

Rebelião

A rebelião na cadeia de Umuarama, que começou na noite de quarta-feira (27) após um protesto de moradores, terminou por volta das 15h desta quinta-feira. A informação foi confirmada pela Polícia Civil e pelo Departamento Penitenciário do Paraná (Depen).
Segundo a polícia, os detentos se aproveitaram de um protesto de moradores em frente à delegacia para sair aos poucos das celas. Eles começaram com um pequeno motim e depois se rebelaram, ainda de acordo com a polícia.
O protesto ocorreu após a prisão de um suspeito de ter matado a menina Tabata Fabiana Crespilho da Rosa, que tinha seis anos.
Fonte: G1.com