Preso da cadeia de Goioerê tem alvará de soltura, mas se recusou a ir embora

0
99

Normalmente quem está preso conta os minutos para ir embora, mas um fato inusitado aconteceu na tarde de quarta-feira, 20, na cadeia pública de Goioerê, onde um preso recebeu alvará de soltura da justiça, mas se recusou a ir embora.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

P. A. de S., 44, foi preso na última quinta-feira, 14, por força de um mandado de prisão expedido pela Vara Criminal de Goioerê. Ele deixou de comparecer no Fórum, pois cumpre pena no regime aberto, e por isso teve a prisão decretada.

Após a prisão, ele foi apresentado no Fórum de Justiça e teve a prisão relaxada, com a emissão do alvará de soltura na quarta-feira.

Quando foi comunicado que deixaria a cadeia, Paulo disse que não iria embora. Depois ele disse que somente sairia com algum parente que lhe desse segurança. A partir daí aconteceu uma romaria de parentes na cadeia (ele estava em uma cela separada) e ele recusou alguns parentes.

Ele somente aceitou deixar a cadeia depois de ser convencido pela esposa, depois de muito tempo de “negociação”.

Paulo Aparecido de Souza aparentava estar com problemas psicológicos ou mentais, além de estar muito fraco.

Fonte: GoioNews