Por falta de Motorista, IML demora mais de 3 horas para recolher corpo de empresário assassinado em Paranavaí

0
52
Foto: Roy News

Por falta de motorista a vários meses no Instituto Médico Legal (IML) de Paranavaí, o corpo do empresário Juliano Alonso Rodrigues (foguinho) demorou mais de 3 horas para ser recolhido.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

A falta de funcionários no IML de Paranavaí, vem se arrastando a meses. Com isso o recolhimento é feito pelo IML de Maringá, que fica a 75 km de distância.

O empresário foi executado a tiros na tarde desta quarta-feira (07), em frente a empresa no qual é proprietário, localizada na Avenida Heitor de Alencar Furtado em Paranavaí.

Juliano trabalhava na frente da empresa de radiadores, quando foi surpreendido por um homem que efetuou três disparos contra o rosto da vítima.

Fonte: Roy News/Via Plantão Maringá