Ó Ô GÁS: Preço do gás de cozinha deve ter novo aumento no próximo mês

0
413

O preço do gás de cozinha deverá ter novo aumento no mês que vem. Ocorre que setembro marca a data base dos funcionários das revendas, quando há aumento salarial e consequente reajuste nas contribuições. 

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

A mão de obra reflete no preço final do produto.

Mas, ainda não é possível definir qual o percentual a ser reajustado, explica a presidente do Sindicato das Empresas de Atacado e de Gás Liquefeito de Petróleo (Sinegás), com sede em Maringá, Sandra Ruiz. Ela diz que a majoração depende das negociações que definem o valor do salário.

Lembra ainda que pelas novas regras da Petrobras pode haver reajuste no início de cada mês (dia 05). Vai depender das variáveis do mercado. Neste mês, por exemplo, houve aumento por conta de tais regras. Há também possibilidade de redução, o que ainda não se viu na prática.

PREÇO – Enquanto o setor vive a pressão de reajustes, o paranavaiense paga entre R$ 65,00 e R$ 75,00 pelo botijão de 13 quilos. O preço mais comum encontrado pelo DN em contato com as revendedoras é de R$ 65,00.

Os proprietários continuam chamando a atenção para o aumento dos custos, o que repercute no preço final. Uma dessas majorações foi da gasolina e etanol, provocada pela elevação na taxa de imposto pelo Governo Federal.

Um revendedor, que prefere não ser identificado, reclama ainda do que classifica de concorrência desleal com o comércio clandestino de gás. Segundo ele, um dos problemas é concorrer em termos de custos fixos. Por outro lado, alerta para as regras de segurança, que nem sempre são seguidas em muitos casos, cita.

Fonte: Diário do Noroeste