Mulher ofereceu filhas de 13 e 15 anos para ter o marido de volta

0
164

A Polícia Civil de Campo Grande investiga o estupro de duas irmãs, uma de 17 e outra de 14 anos, que teriam sido violentadas pelo padrasto de 36 anos. A irmã mais velha teria engravidado e teve um bebê do homem quando tinha 16 anos.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

O pai das meninas contou ao Jornal Midiamax que ficou sabendo que as filhas eram estupradas pelo marido da ex-mulher há um mês, em agosto. Ele ainda disse que entrou na Justiça para pedir a guarda dos quatro filhos que tem com a ex-companheira.

Segundo o relato do pai das vítimas e um documento assinado por uma juíza de Campo Grande, os abusos aconteciam há um ano, mas só vieram à tona depois que a garota de 14 anos fugiu de casa e procurou ajuda da tia, que acionou a polícia.

A menina de 14 anos está sob a guarda dessa tia. Na época em que os estupros começaram, as meninas tinham 13 e 15 anos, respectivamente. As outras duas crianças não sofreram abusos.

O caso foi relatado à Justiça, que colheu o depoimento de uma das meninas e laudos psicológicos confirmaram os abusos.

Segundo o processo, os abusos teriam começado quando o namorado da mãe das meninas terminou o relacionamento. A menina que hoje está com 14 anos contou à Justiça que, para reatar o relacionamento, a mãe passou a mandar fotos da filha de 15 anos nua para o homem.

Nas mensagens enviadas pelo WhatsApp, diz a menina, a mulher afirmava que se voltasse ele poderia ficar com a filha e com ela.

Quando o padrasto voltou a casa começaram os estupros, que teriam acontecido com o consentimento da mãe. A adolescente engravidou do padrasto e teve um bebê, que hoje está com 10 meses.

O pai das crianças relatou que a ex disse que o pai do bebê seria um namoradinho da filha. Ainda no relato feito pela garota de 14 anos, elas eram ameaçadas pelo padrasto caso contassem alguma coisa a qualquer outra pessoa.

Neste domingo (23) o ex-marido foi à delegacia fazer um boletim de ocorrência contra o suspeito por ameaça depois do pedido de guarda dos filhos e da denúncia feita contra ele na Justiça.

Fonte: Midiamax – Portal Vox Net