Jovem desaparecida foi morta a facadas após relação sexual forçada

0
86

A Polícia Civil confirmou no início da noite de terça-feira (5) que a jovem Gisele Luzia Aparecida de Lima, 25, desaparecida desde domingo (3), foi encontrada morta.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

A jovem Gisele Luzia Aparecida de Lima, 25, conhecida como Gisele Prado, desapareceu no início da noite de domingo (3) em Nova Olímpia. Ela residia em Maria Helena e tinha sido vista pela última vez em um ponto de ônibus, após visitar a mãe

Uma equipe da Polícia Civil de Umuarama esteve em Nova Olímpia, onde reside a mãe da jovem, durante a tarde. O objetivo era buscar informações que auxiliassem a elucidar o caso.

Os policiais apuraram que após passar o dia com a mãe, Gisele foi para um posto de combustíveis, onde funciona um ponto de ônibus, e retornaria para Maria Helena.
Testemunhas confirmaram que a jovem entrou em um veículo Corsa. O condutor deste veículo, um cobrador de ônibus que também reside em Maria Helena, foi detido pelo Grupo de Diligências Especiais (GDE) de Umuarama e foi encaminhado para prestar depoimento na 7ª Subdivisão Policial.

O homem teria confessado que matou a moça com golpes de faca, após ter mantido relação sexual com ela. Ele ofereceu carona a ela, para que a jovem entrasse no carro. Após a confissão, o cobrador Paulo Cesar Andrade concordou em levar os policiais até o local onde estava o corpo.

Fonte: O Bem Dito