Feriado do Dia do Trabalhador registra onze mortes nas rodovias federais

0
282

Onze pessoas morreram em acidentes registrados nas rodovias federais do Paraná durante o feriado prolongado em comemoração ao Dia do Trabalhador. Em quatro dias de operação Dia do Trabalho da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que começou na sexta (28) e terminou na segunda-feira (1°), foram 104 acidentes.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

Além das mortes, as batidas ainda deixaram 83 feridos. Segundo a polícia, as principais causas das batidas foram a desatenção, excesso de velocidade e ultrapassagens proibidas.

Durante fiscalizações nas rodovias, 6.716 motoristas foram flagrados transitando em alta velocidade, houve 509 ultrapassagens proibidas, 163 pessoas não usavam cinto de segurança, 18 crianças estavam sem cadeirinha ou com o equipamento instalado de forma incorreta e 83 condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas.

Acidentes com vítimas

O caso mais grave ocorreu na noite de segunda-feira, na BR-376, em Alto Paraná, na região noroeste. Um caminhão invadiu a pista contrária e bateu de frente com um carro, onde estavam três pessoas. Quatro pessoas morreram.

Entre os onze acidentes registrados, sete foram colisões frontais que ocorreram devido a ultrapassagens proibidas. Todas as batidas com mortes ocorreram em pista seca e em trechos de retas.

Manifestações

A Operação Dia do Trabalhador também foi marcada por interdições em rodovias por protestos. Conforme a PRF, cerca de 1,7 mil pessoas interditaram sete pontos do estado na sexta-feira (28). Não houve confronto, e as interdições durante de 10 minutos a seis horas e meia.

Fonte: RPC