Campeã da Chave Bronze do Paranaense de Handebol será conhecida neste fim de semana

0
81
Em sua primeira participação, a equipe Capitão Handebol/Dectop/Uniblock está a dois jogos de alcançar o título estadual

No fim de semana vai ter grito de campeã da Chave Bronze no Campeonato Paranaense de Handebol Adulto. Após três etapas classificatórias, a competição feminina chega à fase decisiva.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

A semifinal será disputada neste sábado (1º), a partir das 17h30, quando entram em quadra os selecionados da Prefeitura de Cambé Handebol e Ourizona Handebol. Logo em seguida, às 18h50, Capitão Handebol/Dectop/Uniblock e Ibiporã Handebol definem a outra finalista. A decisão será no domingo (02), às 13h30, com transmissão ao vivo pela página oficial do Facebook e pelo canal do YouTube da Paraná Handebol e pela Fan-Page “Toledo Web Agora”.

Promovido pela Liga de Handebol do Paraná, os jogos têm entrada gratuita e serão realizados no Ginásio de Esportes Padre Pio Volpato, em Tapejara, cidade localizada na região Noroeste do Estado. Na mesma praça esportiva acontece simultaneamente a quarta e última fase classificatória da Chave Prata, enquanto Londrina recebe as disputas da principal divisão.

Em sua primeira participação no Estadual, o elenco de Capitão terminou a fase classificatória em 1º lugar do grupo e vem da conquista do título regional da divisão B dos Jogos Abertos do Paraná, torneio em que terminou a fase final entre as três melhores seleções do Estado. “Fizemos excelentes jogos, nossa expectativa é a melhor possível. Confio no elenco e acredito na vitória para conseguirmos o acesso para Chave Prata em 2019”, declarou a técnica Daiane Valendolf.

Com a base do time formada por atletas pratas da casa, Cambé chega à semifinal confiante. “Nossa equipe é formada praticamente com atletas de Cambé. Estamos treinando desde o ano passado e este ano achamos que tínhamos condições técnicas de participar da Liga. Sabemos que será um jogo duro contra Ourizona, porque elas reformularam a equipe após a primeira fase, mas as meninas estão preparadas e vamos tentar a vitória para chegar à final”, frisou o treinador Juliano Melo.

Retornando ao cenário de competições estaduais pela Liga, o professor Cléber Longo destaca a evolução das ourizonenses e a expectativa para o confronto que define as finalistas. “Se não me engano o último ano que Ourizona participou na categoria adulto foi em 2005, então neste ano retomamos a participação, além desta em várias outras categorias também. Nossa equipe é muito boa, vem de uma ótima evolução durante a competição, está focada e determinada em conseguir um bom resultado contra a forte equipe de Cambé, visualizamos que será um ótimo confronto”, anseia Cléber.

Por sua vez, o elenco ibiporanense afirma que estar entre as quatro seleções da divisão de acesso é um grande mérito em virtude do alto nível técnico da disputa. “Ainda somos uma equipe inexperiente se comparado às demais que estão competindo. Capitão tem uma equipe mais jovem e que vem de várias vitórias, será muito difícil vencê-las, mas trabalhamos seriamente para representar muito bem nossa cidade”, enfatizaram.

As duas equipes finalistas sobem para a Chave Prata em 2019. A cidade de Tapejara também será palco da decisão masculina, que acorrerá entre os dias 20 e 21 de outubro.

O Campeonato Paranaense de Handebol Adulto – Chave Bronze conta com o apoio da Prefeitura de Tapejara, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, da Federação Internacional de Handebol (IHF), da Confederação Brasileira de Handebol, da Secretaria do Estado do Esporte e do Turismo (SEET), da Associação Paranaense de Árbitros de Handebol (APAH) e do CREF9/PR, com patrocínio da Itaipu Binacional e da Unipar.

Divulgação/LHPR