Ações de conscientização no trânsito integram o Maio Amarelo

0
45

Movimento em Cianorte conta com divulgação em ônibus do transporte público e blitz educativas em diversos pontosCurta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

No mês em que o mundo todo está voltado para a conscientização no trânsito, por conta do movimento Maio Amarelo, são promovidas em Cianorte uma série de atividades de mobilização a respeito do assunto. Nesta quarta-feira (16), quatro ônibus do transporte público municipal passaram a circular exibindo o material de divulgação da campanha, cujo tema é “Nós somos o trânsito”. A iniciativa é do Rotary Club Cianorte, em parceria com a 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (5ª CIPM), Montinorte, Uningá e Viação Cianorte.

​“Nosso objetivo é levar para toda a cidade, por meio desse material informativo adesivado nos veículos, questões importantes que auxiliem na segurança viária”, pontuou o presidente do clube de serviço, Milton Gurginski, acompanhado dos demais membros José Horácio Cirilo, Miraldo Macedo, Mercie Rorato e Maria Gurginski. “O Rotary tem estado sempre atento a essas mobilizações que contribuem para a sociedade. Esperamos conseguir salvar vidas”, completou.

​A Polícia Militar, durante o mês, também promove quatro blitz educativas, em diferentes pontos da cidade, alertando os motoristas quanto aos bons costumes na direção. ”Infrações como o desrespeito ao semáforo, uso do celular ao volante, velocidade acima do permitido e a não utilização do cinto de segurança, ainda são frequentes entre os condutores. Para coibir esse tipo de ação, temos atuado em diferentes frentes, tanto na educação quanto de fiscalização”, explicou o subcomandante da 5ª CIPM, Capitão Cláudio Longo.
​A Prefeitura de Cianorte apoia o movimento, como conta a chefe da Divisão de Trânsito, Jeniffer Cadan Kuhl. “Temos investido como nunca na área, principalmente, na sinalização de bairros; trocando e colocando placas de orientação; realizando melhorias tecnológicas nos semáforos para que trabalhem variando de acordo com a demanda de carros; revitalizando a pintura nos asfalto dentro das normativas, regulamentando horários específicos para circulação e carga e descarga de caminhões na região central da cidade, entre outras coisas”, relata.