Ação conjunta das polícias brasileira e paraguaia destrói plantações de maconha no país vizinho

0
39

Uma ação conjunta entre as polícias brasileira e paraguaia destruiu dezenas de plantações de maconha no estado de Amambay, no país vizinho, em maio.

Curta nossa página no FACEBOOK e saiba de todas notícias de Cianorte e Região

A operação da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) e da Polícia Federal, batizada de Nova Aliança, foi acompanhada por uma equipe da RPC em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul e o quinto maior do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). E, cerca de 80% da produção é enviada para o Brasil.

A região em disputa por quadrilhas de traficantes e alvo da operação é considera uma das mais perigosas e concentra grande parte da produção da droga no país.

Para despistar a polícia, os grupos se instalam em áreas de preservação ambiental, onde plantam a droga. A fiscalização apenas por terra dificilmente localizaria o plantio ilegal, o que é feito com o auxílio de helicópteros.

Os locais são vigiados por cultivadores e narcotraficantes. Por isso, assim que pousam, os policiais resguardam a segurança. Em seguida, cortam os pés de maconha e procuram por acampamentos. Quando encontrados, eles também são destruídos.

De acordo com o assistente fiscal do Ministério Público paraguaio, Ronald Florentin, o foco principal é destruir as plantas e incinerar o entorpecente já pronto, um golpe à economia do narcotráfico que domina a região.

Fonte: RPC